RELATÓRIO ANUAL

 

 

2015

 

 

PALAVRA DO DIRETOR

 

É com alegria que partilhamos os avanços do trabalho da Missão Aliança no Brasil no ano de 2015. Esse relatório é, também, uma expressão concreta do nosso compromisso com a ética e a transparência na gestão dos nossos recursos.

Seguimos desenvolvendo nossas ações a partir de um pequeno escritório de representação na cidade de Curitiba, com uma equipe enxuta e eficiente. Acreditamos que, articulados em rede, podemos causar um grande impacto com uma pequena estrutura (75% dos nossos recursos são investidos nas comunidades onde atuamos). Trabalhamos para que os recursos mobilizados pela Missão Aliança chegassem à base, onde estão os nossos parceiros locais e as pessoas mais afetadas pela pobreza.

Sou grato a Deus, à equipe de colaboradores locais, aos companheiros do escritório central na Noruega, aos membros do Conselho Consultivo no Brasil e aos nossos parceiros que estão na linha de frente. Que possamos seguir juntos no cumprimento da missão diaconal que nos foi confiada, manifestando a nossa fé através de atos concretos de amor e de justiça.

 

Paulo Roberto V. C. Araújo
Representante Ministerial

Portfólio de Projetos
Progressos e Resultados
Resultados Temáticos
Beneficiários

HISTÓRIAS

Organização e Mobilização

 

O coordenador do Projeto Missão Morro do Meio, em Joinville-SC, Nilson Weirich, mobilizou um grupo de 15 pessoas da sua comunidade para participar da capacitação promovida pela Missão Aliança na área de prevenção à violência e abuso de crianças e adolescentes – Projeto José – construindo um lugar seguro. Algumas semanas depois do encontro, o Conselho Municipal de Direitos da Criança e do Adolescente de Joinville divulgou um relatório que apontava que o bairro Morro do Meio era o bairro com o maior número de registro de crianças vítimas de abuso sexual da cidade. Logo após essa divulgação, o Nilson reuniu líderes do Grupo de Articulação Comunitária que ele coordena para apresentar essa triste notícia. Diretores de escolas públicas, liderança católica, evangélica, comerciantes, representantes do poder público e da polícia estavam presentes na reunião. Os presentes assumiram o compromisso de criar imediatamente Rede de Proteção à Criança e ao Adolescente (RPCA).

Uma semana depois reuniram 19 representantes dos diversos setores da sociedade civil organizada, igrejas e secretarias municipais da educação, saúde e defesa social, além do Conselho Tutelar e da polícia militar. Decidiram trabalhar conjuntamente para (1) desenvolver ações voltadas para prevenção da violência, com envolvimento da comunidade; (2) capacitar professores para a percepção da violência e para encaminhar as vítimas para os serviços da RPCA e (3), estimular a comunidade a notificar/denunciar os casos.

Esse é um problema que nenhuma das nossas organizações é capaz de enfrentar isoladamente. Mas, juntos, com ações integradas e intersetoriais, protegeremos as crianças e adolescentes do Morro do Meio de toda e qualquer forma de violência. Nilson Weirich

Coordenador , Missão Morro do Meio

Educação – Meio Ambiente

 

Em 2015 o Green Building Council selecionou um dos nossos parceiros para desenvolver atividades do Green Apple Day – ações de caráter comunitário envolvendo organizações, empresas, pais e estudantes comprometidos em transformar suas comunidades em ambientes mais saudáveis, seguros e sustentáveis. O tema foi “O Ciclo de Vida da Alimentação Sustentável”.

O parceiro contemplado foi o Grupo de Escoteiros do Projeto Dorcas – projeto desenvolvido num dos bairros mais violentos da cidade de Almirante Tamandaré, região metropolitana de Curitiba. A ação contou com a participação de 16 voluntários e 40 crianças. As crianças e adolescentes se organizaram em três equipes, uma para cada atividade relacionada às etapas do Ciclo. Primeiramente, uma delas acompanhou o processo de montagem de uma horta e plantio de diversas mudas de hortaliças. Logo depois, foi a vez da outra equipe preparar o almoço com ingredientes orgânicos, observando assim a importância da qualidade nutricional presente em frutas e verduras e do cultivo livre de agrotóxicos. Enquanto isso, outra turma preparava as lixeiras para coleta de resíduos orgânicos reaproveitando embalagens plásticas. Esta equipe aprendeu que a comunidade pode transformar cerca de metade dos resíduos produzidos em sua casa em adubo orgânico através do processo de compostagem. Por fim, todos puderam provar o delicioso almoço. Ao final, houve um tempo para cada equipe compartilhar com o grupo maior o que havia aprendido.

Essa ação fechou de maneira perfeita o programa anual de formação na área de educação ambiental e alimentar que os educadores do Projeto Dorcas vinham trabalhado com as crianças e adolescentes. Uma boa semente tem sido plantada no coração de cada uma delas. A nossa expectativa é que elas tornem-se multiplicadoras de conhecimento e atitudes em suas famílias e comunidades.

Cooperação com Igrejas

 

Um dos processos que resulta em muita alegria, satisfação, bênçãos para as pessoas e glória para Deus é o processo em que uma igreja – localizada na periferia de um grande centro, num contexto de pobreza e violência – redescobre a sua vocação diaconal e se dispõe a ouvir os gritos dos mais vulneráveis e a dá uma resposta prática de amor aos que mais sofrem.

Isso é o que vem acontecendo na Igreja Cristã da Família no bairro do Capão Redondo, periferia da cidade de São Paulo. Partindo dos recursos já disponíveis – e subutilizado – um bom prédio onde acontecem os cultos e estudos bíblicos, a liderança iniciou um processo de reestruturação em suas instalações para abrir todos os dias e oferecer para as famílias e comunidade um lugar seguro para as crianças.

Jovens da própria igreja, que tiveram uma oportunidade na infância, de livrar-se do tráfico de drogas, seguir nos estudos e desenvolver-se profissionalmente, sabem que as necessidades diárias de uma criança não podem esperar processos burocráticos intermináveis. “Elas precisam de uma boa alimentação, de um lugar seguro como esse, de alguém para cuidar e aconselhar, hoje!” – afirma um dos líderes da juventude que foi acolhido num momento crítico de sua vida e que teve líderes da igreja como referência para a sua vida.

Assim, em 2014, nasceu o Núcleo de Assistência e Desenvolvimento Integral (NADI), uma organização da sociedade civil de interesse público, que desenvolve o “Espaço Com Viver”. Trabalham articulados com a rede pública de ensino traçando metas para o desenvolvimento cognitivo de cada criança atendida.  Mais do que transmitir conhecimentos, a proposta é promover o desenvolvimento humano com base em um modelo que envolve crianças, familiares e membros da comunidade.

O trabalho de fortalecimento de vínculos familiares e comunitário realizado pelo “Espaço Com Viver” traz mudanças expressivas no comportamento das crianças, abre para elas a oportunidade de desfrutar do mesmo crescimento que Jesus teve: “em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus e das pessoas”.

GESTÃO FINANCEIRA

Investimentos em 2015

Total de

despesas

1.4 milhão

%

Programas

%

Pessoal

%

Administrativo

Desempenho de 2011 a 2015 | Categoria de Despesas

DEPOIMENTOS

A capacitação para o trabalho com a Bolsa Verde, do Projeto Calçada, foi sem dúvida impressionante e inspiradora. Toda a semana da capacitação, assim como os atendimentos com as crianças aqui no projeto, demonstram resultados muito positivos de restauração da auto-estima das crianças. Nada disso seria possível sem o total apoio da Missão Aliança, pelo que sou muito grato.

Paulo Rafael Moeller Melchiors

Educador Social, GED (Grupo de Escoteiros Dorcas)

Para falar da importância da Missão Aliança ao Projeto Binho uso de uma ilustração: O Projeto Binho era uma avião socorrista de última geração, mas estava sem combustível para sair do chão. A parceria com a Missão Aliança tem sido o combustível que tem permitido o Projeto Binho voar, conseguimos chegar  até as pessoas e espalhar a notícia de que é possível sim, um Conselho Tutelar mais democrático, que atue na prevenção de violações de direitos de crianças e adolescentes. Marcos Costa

Articulador, Rede Igreja Amiga da Criança

A parceria com a Missão Aliança é ímpar pois não se condiciona a resultados apenas numéricos que muitas vezes são enganosos. Também é ímpar pelo fato de ser uma parceria longeva, o que permite a estruturação dos projetos. Elbio Miyahira

Coordenador, Associação Agente

Quando Deus nos dá visão, queremos obedecer, mas nem sabemos como. Aí a Missão Aliança vem e nos diz: “Sigam em frente, vamos apoiar”. Somos abençoados ao cumprir o chamado, e a necessidade de muitos é suprida. Tudo isso porque a Missão Aliança chega junto e inspira. Obrigado! Clenir Santos

Projeto Calçada/Lifewords Brasil

Através de sua parceria a Missão Aliança gera transformações, pois instiga ações, proporciona os meios e fortalece os parceiros envolvidos, para a promoção da justiça social. Esta parceria permite ações de melhoria de qualidade de vida e a propagação do evangelho em áreas de vulnerabilidade e risco social. Eunice Deckmann

Coordenadora, Projeto Missão Criança

“O talento vence jogos, mas só o trabalho em equipe ganha campeonatos”. Nesta época de olimpíadas esta frase retrata bem a importância da participação da Missão Aliança nestes anos nos projetos do NADI, os recursos enviados foram fundamentais para o alcance dos objetivos traçados, hoje podemos ver crianças e famílias bem mais estruturadas, recebendo diariamente fundamentos para uma vida mais digna e assim manifestando o Reino de Deus. Paulo Gomes

Coordenador, NADI

A Casa Semente, a partir do acordo de cooperação com a Missão Aliança, tem sido mais efetiva no cumprimento das ações propostas. Temos visto nas crianças um avanço considerável frente aos objetivos traçados. Adriane Maia

Coordenadora, Projeto Casa Semente

A capacitação para o projeto Bolsa Verde foi muito importante para nós educadores. Aprendemos a utilizar, da forma correta, esse instrumento especial, para trazer restauração à vida de crianças e adolescentes que passaram por várias formas de abuso. Analisando do ponto de vista teológico essa é também uma ferramenta preciosa de evangelização, embora seu objetivo não seja diretamente este. Margareth Falk

Coordenadora, Projeto Ecos na Comunidade

O impacto causado pela presença da Missão  Aliança tem sido sentido por nós a todo momento, pois com ela  podemos atender com mais qualidade um maior número de crianças e adolescentes. O grande diferencial se dá pelo fato do Bebeto ter grande experiência na prática (chão de fábrica) em trabalho de Projeto de Desenvolvimento Comunitário Social e Missão Integral. Darcle Cunha

Coordenadora, Projeto Dorcas

A parceria da Missão Aliança tem sido essencial apoiando iniciativas de desenvolvimento de liderança e unidade da Igreja em rede para o serviço diaconal transformador em suas comunidades locais. Centenas de pastores e lideres de mais de duzentas igrejas em dez estados do Norte e Nordeste e em muitas comunidades em situação de vulnerabilidade social tem sido equipados e fortalecidos para a prática da diaconia por meio da igreja local, materiais de impacto como vídeos e e-books gratuitos tem sido disponibilizados gratuitamente e duas redes de fortalecimento da igreja para a diaconia já estão em funcionamento nas áreas onde se encontram os cinco bairros atualmente mais violentos e com maior vulnerabilidade social na cidade de Natal, Rio Grande do Norte. Leandro Silva

Presidente, Missão ALEF

ENDEREÇO

Avenida João Gualberto, 1430, Conjunto 3, Alto da Glória

Curitiba, PR | CEP 80030-001

TELEFONE

41 3024-0915

EMAIL

missaoalianca@missaoalianca.org.br

SKYPE

missaoalianca

FORMULÁRIO DE CONTATO

 

4 + 2 =